sábado, 11 de abril de 2009



Nascido do inferno II - Adeus minha amada



Caminhando pelo inferno sob a Terra

Eu lutei

Matei

E aniquilei seres subordinados ao meu pai



Mas em minha jornada ao inferno

Libertando humanos da escravidão

Eu não a encontrei

Vaguei por muitos lugares

Sou caçado e caçador

Temido e odiado

Tanto pelas trevas

Quanto pela luz



Então através de um senhor

Que ao mostrar a ele a sua foto

Ele pediu para eu acompanhar ele

Caminhamos até um antigo cemitério

E la ele me mostrou a sua lapide

Cai de joelhos

Lágrimas escorrem pela minha face

Meu coração dilacerado pela perda



Uma chuva cai

Vejo um vulto....

Meus olhos não acreditam no quem vejam

É vc minha amada!!!

Então logo vejo que é o seu espírito

Você se aproxima do meu ser

Sua doce voz penetra em meus ouvidos

e vc diz: Sua missão não acabou meu amor! Resgate o nosso filho..o fruto do nosso amor

Sua sombra esvaece no horizonte



Levanto-me do chão

E ao olhar a lua cheia

Vejo a sua face sorrindo para mim

Pego a minha espada

Dando as costas para a sua lapide

Faço três promessas perante ao seu descanso

1:Vingarei a sua morte

2:Resgatar o nosso filho das garras das trevas

3:Eliminar aqueles que trouxeram o inferno para a

Terra



Ao sair do cemitério

Olho para o senhor que me levou até você

E vejo nele um sorriso conhecido

E um brilho nos olhos intrigaste

Como se ele soubesse que iria encontra-lo

Mas ao olhar ele novamente

Não o vejo mais....

E entendo o que aconteceu.......


3 comentários:

  1. Que epopéia coração! kdsaopkdaspodkk kkk
    gostei dela....

    ResponderExcluir
  2. Seus desenhos são lindos como sempre!!!
    Mas pessoelamente vc é mais animadinho!!! rs...
    Bjuuuus kerido!! Saudades!!

    ResponderExcluir
  3. Suas palavras contaguia e envolver algo inesplicavel , parabeins ♥

    ResponderExcluir